Vocês já se perguntaram?

Como que as mais diversas células, podem ter tantas formas, tamanhos e funções?

Pois bem, conheçam o Citoesqueleto!!! ​

O citoesqueleto é um conjunto de filamentos e túbulos formados por proteínas, sabe aquelas que são produzidas pela tradução do DNA? então, algumas podem se unir e com essa união formar estruturas.

Mas que estruturas são essas?

Bom, as proteínas podem formar diferentes estruturas no corpo, mas vamos dar ênfase ao citoesqueleto. 

 

Ele é uma estrutura formada por proteínas que permitem a célula se organizar internamente, fazer a sua manutenção, ter um suporte mecânico, movimento, e até, dar forma a célula.

Para entendermos melhor como o citoesqueleto é formado, vamos dividi-lo em três partes: filamentos de actina, filamentos intermediário e microtúbulos.

Filamentos de actina

Actina é uma das proteínas intracelular mais abundante

Cada “bolinha” é uma proteína actina, por conta delas possuírem extremidades polares (+) e (-), elas conseguem permanecer ligadas umas às outras, formando um filamento de polímero helicoidal. Esses filamentos, ficam em maior volume, logo abaixo da membrana plasmática, no córtex, e se organizam em forma de feixes lineares, ou até mesmo, em forma de redes.

Filamentos Intermediarios

Você já se perguntou como as células fazem para ficarem juntinhas e estáveis, formando os tecidos?

 

Pois bem, nesta aba veremos o componente mais resistente do citoesqueleto, os Filamentos Intermediários.

Filamentos de Microtúbulos

E quanto ao transporte intracelular, isto é, tudo aquilo que precisa ir de uma organela a outra dentro da célula, será que o citoesqueleto irá agir nessa parte também?

 

A resposta é SIM.

Siga

@2020 POR MUNDO MICROSCÓPICO - UNESP CAMPOS DO LITORAL PAULISTA - HISTOLOGIA

  • Facebook